Ir Arriba

SANIDADE AGROPECUÁRIA, INOCUIDADE E QUALIDADE DOS ALIMENTOS

O programa foca na promoção de um setor agrícola produtivo, competitivo e sustentável que proporcione alimentos seguros pelos mercados locais, regionais e mundiais mediante a geração, a melhoria e a aplicação de políticas de sanidade agropecuária, inocuidade e qualidade dos alimentos (SAIA).

Seus eixos medulares são: impulsionar o fortalecimento institucional dos sistemas SAIA; harmonizar, atualizar e implementar normas de sanidade, inocuidade e qualidade; e desenvolver capacidades para adotar boas práticas e atender assuntos emergentes e emergências sanitárias, fitossanitárias e de inocuidade dos alimentos, com ênfase nas de natureza transfronteiriça.

  • Notícias

    MAPA, KfW e IICA assinam projeto de inovação nas cadeias produtivas da Amazônia Legal

    Com duração de cinco anos e investimento de 25,5 milhões de euros, o projeto focará nas cadeias de produção da carne, soja e madeira para conservação florestal.
  • Notícias

    MAPA, KfW e IICA assinam projeto de inovação nas cadeias produtivas da Amazônia Legal

    Com duração de cinco anos e investimento de 25,5 milhões de euros, o projeto focará nas cadeias de produção da carne, soja e madeira para conservação florestal.
  • Na primeira fase do Projeto Mais Bio, foram selecionadaos 15 produtos da sociobiodiversidade brasileira: arroz nativo, bacuri, baunilha, cacau cabruca, cambuci, castanha de baru, castanha do Pará, guaraná, jambu, maracujá da caatinga, mel de tubuna, mel de mandaçaia, pimenta de macaco, pinhão e queijo da Canastra.

    Notícias

    +Bio Conecta reuniu em Brasília debates e mostra de produtos da biodiversidade brasileira

    A 1ª edição do evento teve a apresentação do Projeto Mais Bio do IICA, debates, cozinhas shows e fomentou o diálogo entre produtores, empreendedores, especialistas, Poder Público, iniciativa privada e sociedade civil.  
  • Na primeira fase do Projeto Mais Bio, foram selecionadaos 15 produtos da sociobiodiversidade brasileira: arroz nativo, bacuri, baunilha, cacau cabruca, cambuci, castanha de baru, castanha do Pará, guaraná, jambu, maracujá da caatinga, mel de tubuna, mel de mandaçaia, pimenta de macaco, pinhão e queijo da Canastra.

    Notícias

    +Bio Conecta reuniu em Brasília debates e mostra de produtos da biodiversidade brasileira

    A 1ª edição do evento teve a apresentação do Projeto Mais Bio do IICA, debates, cozinhas shows e fomentou o diálogo entre produtores, empreendedores, especialistas, Poder Público, iniciativa privada e sociedade civil.  
  • Na primeira fase do Projeto Mais Bio, foram selecionadaos 15 produtos da sociobiodiversidade brasileira: arroz nativo, bacuri, baunilha, cacau cabruca, cambuci, castanha de baru, castanha do Pará, guaraná, jambu, maracujá da caatinga, mel de tubuna, mel de mandaçaia, pimenta de macaco, pinhão e queijo da Canastra.

    Notícias

    +Bio Conecta reuniu em Brasília debates e mostra de produtos da biodiversidade brasileira

    A 1ª edição do evento teve a apresentação do Projeto Mais Bio do IICA, debates, cozinhas shows e fomentou o diálogo entre produtores, empreendedores, especialistas, Poder Público, iniciativa privada e sociedade civil.  

VIDEOS

  • ¿Qué es FSMA? 3er Segmento

  • ¿Qué es FSMA? 2do Segmento

  • ¿Qué es FSMA? 1er Segmento

  • Prestação de Contas – IICA Brasil 2019

Entre em contato

Direção de Cooperação Técnica

dct@iica.int

Robert Ahern

Gerente do Programa

robert.ahern@iica.int