Ir Arriba

O IICA compôs um Conselho Consultivo de Segurança Alimentar das Américas

El Consejo actuará monitoreando el impacto del nuevo coronavirus en la seguridad alimentaria de la región con el objetivo de transmitir análisis y recomendaciones que puedan ser útiles a la toma decisiones en diversas instancias de los sectores público y privado.
O Conselho atuará monitorando o impacto do novo coronavírus na segurança alimentar da região com o objetivo de transmitir análises e recomendações que possam ser úteis à tomada de decisões em diversas instâncias dos setores público e privado.

São José, 31 de março de 2020 (IICA). O Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) compôs um Conselho Consultivo de Segurança Alimentar das Américas integrado por personalidades de oito países do hemisfério com uma trajetória de grandes contribuições para o setor agroalimentar, tanto no âmbito político como acadêmico.

O Conselho atuará monitorando o impacto do novo coronavírus na segurança alimentar da região com o objetivo de transmitir análises e recomendações que possam ser úteis à tomada de decisões em diversas instâncias dos setores público e privado.

Os membros do Conselho também realizarão exercícios de análise dinâmicos da situação e divulgarão perspectivas para a segurança alimentar no continente junto à pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, que desafia a economia agrícola hemisférica.

Além disso, ajudarão no trabalho de cooperação técnica do IICA em termos da sua reorientação para atender as novas e mais urgentes demandas dos países vinculadas aos efeitos da pandemia, contribuindo para a elaboração de um novo roteiro institucional.

O anúncio da constituição e implementação do Conselho foi realizado pelo Diretor Geral do IICA, Manuel Otero.

“O Conselho Consultivo aportará ideias concretas sobre cenários alternativos em relação à segurança alimentar do continente e dos obstáculos a vencer, bem como enriquecerá a oferta de cooperação técnica do IICA aos países”, disse Otero ao apresentar o Conselho, que se reunirá de forma virtual.

Integrarão inicialmente o Conselho: Gloria Abraham (Costa Rica), Chelston Brathwaite (Barbados), Carlos Gustavo Cano (Colômbia), Cassio Luiselli (México), Elsa Murano (Estados Unidos), Martín Piñeiro (Argentina), Álvaro Ramos (Uruguai), Roberto Rodrigues (Brasil) e Eduardo Trigo (Argentina).

Conheça os membros do Conselho Consultivo de Segurança Alimentar do IICA:

Gloria Abraham, Costa Rica

Possui mestrado em sociologia e doutorado em sociologia com ênfase em economia do desenvolvimento, pela Universidade de Toulouse, França. Foi Ministra da Agricultura e Pecuária da Costa Rica (2010-2014), sendo a primeira mulher nesse cargo. Trabalhou em diversos organismos internacionais como o PNUD, o Banco Mundial e o IICA, no qual desempenhou cargos de Representante, especialista técnica em cooperação internacional, políticas públicas e comerciais agrícolas. Tem ampla trajetória como negociadora de tratados internacionais de livre comércio, em seu componente agrícola. É a atual embaixadora e chefe da Delegação da Costa Rica junto à Organização Mundial do Comércio (OMC).

Chelston Brathwaite, Barbados

Possui B.Sc. em Ciências Agrícolas, mestrado em Ciências e doutorado em Patologia Vegetal pela Universidade de Cornell, EUA. Tem um diploma com distinção em Desenvolvimento agrícola pela Universidade de Londres, cursos de Gerência Executiva no INCAE e de Liderança para altos executivos pela Harvard Business School. Foi professor na Faculdade de Agricultura da Universidade das Índias Ocidentais (UWI). Ocupou o cargo de Diretor Geral do IICA (2002-2010). Se uniu à UWI como Diretor Interino da Faculdade de Alimentação e Agricultura e foi Embaixador de Barbados na República Popular da China.

Carlos Gustavo Cano Sanz, Colômbia

Economista e político, com pós-graduação em Economia pela Universidade de Lancaster; em Governo e em Economia Internacional pela Universidade de Harvard e em Alta Direção Empresarial. Foi Ministro da Agricultura da Colômbia (2002-2005), onde esteve encarregado pela implementação das reformas que levaram o ministério a se fundir com outras entidades, passando a se chamar Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural. Foi gerente da Federação Nacional de Produtores de Arroz (FedeArroz), Presidente da Sociedade de Agricultores da Colômbia e consultor internacional em Planejamento Estratégico para o IICA. É o atual Co-Diretor da Junta Diretora do Banco da República da Colômbia.

Cassio Luiselli Fernández, México

É licenciado em Economia, com Mestrado em Ciências e estudos de Doutorado pela Universidade de Wisconsin, com especialização em Economia Agrícola, Desenvolvimento Rural e Economia Internacional. Além disso, possui um Doutorado pela Universidade da África do Sul, Pretória. É Professor Emérito na divisão de Humanidades do Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores de Monterrey - Campus Cidade do México (ITESM). Ex-Assessor do Presidente da República em matéria de desenvolvimento agropecuário (1967-1970). Foi Embaixador do México na Coreia do Sul, África do Sul e Uruguai; Embaixador e Representante Permanente do México junto à ALADI e Subsecretário de Fomento e Normas Ambientais (Semarnat).

Elsa Murano, Estados Unidos

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Internacional da Flórida, possui mestrado em Microbiologia Anaeróbia e Doutorado em Ciência e Tecnologia dos Alimentos pela Virginia Tech. Atuou como Subsecretária de Agricultura e Segurança Alimentar dos Estados Unidos (2001-04). Possui uma ampla trajetória como docente. Atuou como presidente da Universidade do Texas A & M, foi vice-reitora e decana da Universidade do Texas A & M de Agricultura e Ciências da Vida (2005-07). Também fez parte do Conselho de Administração da Hormel Foods.

Martín Piñeiro, Argentina

Engenheiro agrônomo com doutorado em Economia Agrária pela Universidade da Califórnia, EUA. Atualmente é Diretor da Comissão de Assuntos Agrários do Conselho Argentino de Relações Internacionais (CARI) e membro da Equipe de Apoio do Grupo de Países Produtores do Sul (GPS), na Argentina, bem como Assessor Especial do IICA. Foi Diretor Geral do IICA (1986-1994); Presidente do Conselho Diretor do International Food Policy Research Institute (IFPRI) e membro do Conselho Diretor do International Service for Agricultural Research (ISNAR).

Álvaro Ramos, Uruguai

Engenheiro agrônomo da Universidade da República, ministro de Pecuária, Agricultura e Pesca (1990-1993) e ministro das Relações Exteriores (1995-1998). Foi senador em seu país e consultor do IICA e de outros organismos internacionais, bem como especialista em Instituições e Políticas Públicas de Desenvolvimento do programa regional FIDA MERCOSUL.

Roberto Rodrigues, Brasil

Engenheiro agrônomo. Foi Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (2003-2006) e Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (1993-1994). Recebeu a Medalha Paulista ao Mérito Científico e a condecoração da Ordem Nacional do Mérito Científico por suas contribuições técnicas ao desenvolvimento da ciência no Brasil. Em 2004, foi eleito Agrônomo da Década pela Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo (AEASP). Além disso, é empresário rural e embaixador especial das cooperativas.

Eduardo Trigo, Argentina

É consultor do IICA e do BID e diretor do Grupo CEO (Consultores de Economia e Organização). Foi diretor do projeto “Perspectiva Biotecnológica Argentina 2030” do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (2014-2016), assessor da Direção de Relações Internacionais do MINCYT da Argentina (2000-2014), diretor executivo da Fundação ArgenINTA (1994-1998) e diretor de Pesquisa e Transferência de Tecnologia do IICA (1986-1994). 

 

Mais informações:

Gerência de Comunicação Institucional. 

comunicacion.institucional@iica.int