Ir Arriba

Cadeias agroalimentares deverão fazer maior uso de biotecnologias e inovações para superar desafios no pós-Covid-19

El webinar en el que participaron Elsa Murano (arriba, izq.) y Juan Restrepo (arriba, der.), fue moderado por la periodista y editora del diario El Mercurio de Chile, Patricia Vildósola.
O webinário no qual participaram Elsa Murano (acima, à esq.) e Juan Restrepo (acima, à dir.), foi moderado pela jornalista e editora do diário El Mercurio do Chile, Patricia Vildósola.

San José, 20 de maio de 2020 (IICA). Ampliar o uso da biotecnologia na produção de alimentos, fornecer acesso a variedades de sementes melhoradas aos produtores, dotar de conectividade as zonas rurais e aumentar o investimento em pesquisa e desenvolvimento serão fundamentais para fortalecer as cadeias de valor agropecuárias após a Covid-19.

Assim afirmaram a ex-subsecretária de Agricultura e Segurança Alimentar dos Estados Unidos Elsa Murano, e o Diretor Geral da Alianza Bioversity International-Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT), Juan Restrepo, no mais recente webinário organizado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

Murano e Restrepo elucidaram as inovações tecnológicas que se requerem ou já estão disponíveis para dar resposta aos desafios que a agricultura das Américas terá no pós-pandemia .

“Antes da Covid-19 temos tido desigualdades de tecnologia na região. Se requererão ferramentas digitais para reabilitar os canais comerciais, tecnologias que melhorem a eficiência de produção de alimentos para aproveitar os produtos agrícolas e seus excedentes, e outras que assegurem a sanidade, a inocuidade, a qualidade e a rastreabilidade”, comentou Murano, atual diretora do Instituto de Agricultura Internacional Norman E. Borlaug, da Universidade Texas A&M.

Por sua parte, Restrepo recomendou aos países das Américas que as políticas agrícolas contem com um forte enfoque nos consumidores. Após a pandemia, explicou, será vital promover sistemas agroalimentares mais diversos, sementes melhoradas e sua normativa regulatória, e maior digitalização e extensionismo.

“A melhor maneira de trabalhar para o produtor é focar no consumidor, teremos que entender sua dieta como um ponto central e a qualidade nutricional do que chega ao seu prato, em termos de diversidade e dos limites planetários”, manifestou o diretor geral da Alianza Bioversity International-CIAT.

Segundo se abordou no seminário, disponível em www.iica.int, a digitalização servirá para o desenvolvimento de pesquisa a mais baixo custo, ao permitir trabalhar com ciência cidadã e experimentar diretamente em campo, com dezenas de variedades e milhares de produtores interagindo em tempo real.

Murano e Restrepo enfatizaram que a atual emergência sanitária “está se convertendo em uma crise alimentar”, o que deve levar os governos das Américas a dar o reconhecimento e a transcendência necessária ao setor agrícola.

O próximo seminário deste ciclo organizado pelo IICA será na quinta-feira, 21 de maio, às 4h p.m. (horário da Costa Rica, 19h no horário de Brasília), cujo tema central serão os efeitos sobre o comércio internacional e as regulações sanitárias no pós-Covid-19.

Será transmitido da Sala Virtual de Videoconferências do Instituto e pelas contas oficiais do IICA no FacebookYouTube e Instagram.

As exposições dos seminários já realizados estão disponíveis para comentários e discussão no blog do IICA “Semeando hoje a agricultura do futuro”: https://blog.iica.int/.

Próximos seminários:

Efeitos sobre o comércio internacional e as regulações sanitárias no pós-Covid-19 | quinta 21 de maio

Transmissão por FB Live, Youtube e pela sala virtual do IICA: 4h p.m. horário da Costa Rica.

Cassio Luiselli, Ex-assessor do Presidente da República do México no tema desenvolvimento agropecuário.

Anabel González, Ex-ministra de Comércio Exterior da Costa Rica.

 

Abastecimento, agricultura familiar e circuitos curtos no pós-Covid-19 | terça, 26 de maio

Transmissão por FB Live, Youtube e sala virtual do IICA: 4h p. m. horário da Costa Rica.

O pós-Covid-19 da perspectiva dos países do Caribe | quinta, 28 de maio

Transmissão por FB Live, Youtube e sala virtual do IICA: 4h p.m. horário da Costa Rica. 

Mais informação:
Federico Villarreal, Diretor de Cooperação Técnica do IICA. 
federico.villarreal@iica.int