Languages

  • Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura
  • Agricultura, prioridade para o desenvolvimento sustentável das Américas

Principais ações do IICA Brasil em pauta na Mostra de Cooperação Técnica Internacional

Principais ações do IICA Brasil em pauta na Mostra de Cooperação Técnica Internacional

Prestação de contas de 2017 do IICA Brasil 

Com o intuito de trocar experiências institucionais e apresentar e discutir boas práticas no âmbito da cooperação técnica internacional, o IICA Brasil apresentou, em uma Mostra realizada no dia 5 de dezembro, resultados do ano de 2017 de alguns de seus principais projetos. São ações inovadoras nas mais variadas temáticas, como recursos hídricos, inclusão na agricultura familiar, meio ambiente e comércio e sanidade agropecuária, que contribuem para a formulação e implantação de políticas públicas para o meio rural.

“O IICA atua como facilitador da cooperação técnica, tratando temas com uma visão holística, e nossa maior fortaleza é a rede de 34 escritórios nas Américas. Os projetos de cooperação geram benefícios em importantes setores, como desenvolvimento social, gestão pública, agricultura e meio ambiente, possibilitando o acesso mais dinâmico a tecnologias, conhecimentos e capacitação”, disse o Representante do IICA no Brasil, Hernán Chiriboga, na abertura do evento. Participaram mais de 150 pessoas, entre representantes de Embaixadas, gestores governamentais, acadêmicos, estudantes e socidade civil organizada.

A Mostra contou com cinco painéis de debate, que apresentaram estudos conduzidos pelo IICA Brasil ao lado de parceiros ou iniciativas com as quais o IICA contribui. O primeiro, Recursos Hídricos, Saneamento e Infraestrutura, abordou os temas “Plano de ação para uma política de reúso de efluente sanitário tratado no Brasil”; “Sistemas de reúso de água para comunidades rurais no Ceará”; “Diagnóstico para reabilitação de 164 barragens da União”.

No Painel 2, Comércio e Sanidade Agropecuária, foram tratadosSuinocultura de baixa emissão de carbono” e “Estratégia de combate e controle da mosca da carambola”. Organismos Internacionais e Linhas de Financiamento foi o título do painel 3, que recebeu o Banco Interamericano de Desenvolimento (BID); o KFW Bankengruppe e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) para as discurssões.

O Painel 4 falou sobre Agricultura Familiar e Inclusão, com as apresentações “Tipologia regionalizada dos espaços rurais brasileiros: implicações nos marcos jurídicos e nas políticas públicas”; Semeando saberes, inspirando soluções: boas práticas na convivência com o semiárido”; e Centros Comunitários de Produção – uso produtivo e eficiente de energia elétrica”. Meio Ambiente foi o tema do painel 5, com os debates sobre “Plataforma ambiente virtual de aprendizagem para formação e capacitação vinculadas a políticas ambientais”; “Combate à desertificação no Mercosul” e “Empoderando comunidades rurais do semiárido brasileiro para o acesso à água potável dessalinizada: Programa Água Doce”. A ideia de reunir as apresentações na Mostra foi aproximar os diversos atores e tomadores de decisão, em um ambiente de estímulo o diálogo, promoção à identificação de interesses comuns e abertura de oportunidades para novas parcerias.

Diversidade
A Mostra também foi palco para apresentações das Meninas Arteiras, companhia de Artes da região rural de Seara (SC). O elenco convidou o público para “ver a agricultura com outros olhos”, apresentando cenas que representam o vínculo dos homens e das mulheres com o rural, e expressando a alegria em poder viver da terra, produzindo mais que alimento e trabalho, mas produzindo também sonhos e os compartilhando com pessoas.

Tecnologias sustentáveis
A Mostra de Cooperação Técnica Internacional do IICA Brasil abriu, ainda,  espaço para a valorização e difusão de iniciativas bem-sucedidas no campo das tecnologias sustentáveis. Houve exposição de um experimento sobre reúso de águas cinzas, e outro sobre cultivo de hortaliças com uso de vasos de argila para garantir a oferta de água no solo. Produtores trouxeram exposição e venda de produtos feitos com bambu (Distrito Federal), mel (Distrito Federal) e renda renascença (Paraíba).

Fotos: Carolina Fleury/IICA
            João Lucas Fontana/IICA
            Pedro Cavalcante/IICA

Confira a galeria de imagens do evento:

Ir Arriba