Languages

  • Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura
  • A agricultura, prioridade para o desenvolvimento sustentável das Américas

Autoridades e especialistas debatem gênero e cooperativismo em seminário internacional

Autoridades e especialistas debatem gênero e cooperativismo em seminário internacional

Evento, que tem participação do IICA, tem o objetivo de discutir temas da Agenda 2030 relacionados à igualdade entre mulheres e homens

Brasília, 27 de novembro de 2018 (IICA) – A participação em cooperativas é, geralmente, o primeiro acesso das mulheres em direção à autonomia econômica. Para discutir a situação da mulher o Brasil e no mundo, políticas públicas e a importância do cooperativismo e do associativismo no empoderamento da mulher rural, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) promovem o Seminário Internacional Gênero e Cooperativismo.

Da esq. para a dir.: Hernán Chiriboga (IICA); Vera Lúcia Daller (MAPA); Graciela
Fernandez (Aliança Cooperativa Internacional das Américas); e Caio Rocha (IICA)

O Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) participa do encontro, que debate ações para o cumprimento do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 5 da Agenda 2030, “Alcançar a igualdade de gênero e empoderar mulheres e meninas”, abordando avanços, políticas e programas voltados às mulheres, em especial à mulher rural.

O Representante do IICA no Brasil, Hernán Chiriboga, lembrou que a experiência de mulheres liderando processos produtivos no país é muito relevante e positiva, e destacou a cooperação entre IICA e Mapa. “Apoiamos a Secretaria de Mobilidade Social, do Produtor Rural e Cooperativismo do Ministério por meio de projeto de cooperação técnica e trabalhamos continuamente pelo fortalecimento da mulher rural, pela sua visibilidade e seu empoderamento. Gênero é, inclusive, um dos temas transversais a toda a cooperação do IICA, presente no Plano de Médio Prazo 2018-2022”, apontou.

“A Secretaria de Mobilidade Social, do Produtor Rural e Cooperativismo faz todos os esforços para a inserção das pessoas que estão, por vários motivos, à margem da evolução do agronegócio”, destacou José Rodrigues Pinheiro Dória, Secretário da pasta. Ele elogiou a parceria com o IICA por meio de estudos e capacitações que apoiam as atividades da Secretaria.

Graciela Fernandez, presidente da Aliança Cooperativa Internacional para as Américas, ressaltou que “a visibilidade do tema de gênero, sua comunicação e informação são assuntos chave para romper com a desigualdade entre homens e mulheres”. A presidente apontou que a Declaração Final da 5ª Cúpula de Cooperativas das Américas, realizada em outubro, na Argentina, traz “compromissos relativos à equidade de gênero que devem atravessar a totalidade das políticas públicas de governos e territórios, na cooperação nacional e internacional”.

O Seminário Internacional é a etapa final do compromisso firmado entre Mapa e a União Europeia através do Programa EUROsociAL+, que visa a cooperação técnica com a América Latina para apoio a políticas públicas com foco em gênero. A iniciativa selecionou o Programa Coopergênero, da Embrapa, para fortalece-lo como política pública. O evento debate experiências brasileiras e internacionais de promoção de igualdade de gênero em cooperativas e comunidades.

Sobre o IICA
É o organismo internacional especializado em agricultura do Sistema Interamericano. Sua missão é estimular, promover e apoiar os esforços de seus 34 Estados-membros para alcançar o desenvolvimento agrícola e o bem-estar rural, por meio da cooperação técnica internacional de excelência.

Ir Arriba